sexta-feira, 28 de junho de 2019

Entrega do prémio do concurso PALAVRAS COM HISTÓRIA

No dia 20 de junho, na Biblioteca Escolar, procedeu-se à entrega do prémio da V edição do concurso PALAVRAS COM HISTÓRIA, à aluna Isabel C.M.R. de Medeiros, do 3º ano da escola EB1/JI de Vila do Porto. 
O coordenador da biblioteca e a presidente do conselho executivo felicitaram a aluna  e a professora Ana Rocha pelo sucesso obtido e encorajaram os alunos para que continuem a participar, sabendo que podem sempre contar com o apoio da equipa da Biblioteca Escolar. 

Celebre a HORA DO ARCO IRIS


terça-feira, 28 de maio de 2019

Chegaram livros NOVOS às nossas bibliotecas escolares

Biblioteca Escolar recebe livros da proposta vencedora de 2018 do Orçamento Participativo Jovem Escolar

Terça, 28 Maio, 2019 | Fonte: CMVP
O Município de Vila do Porto entregou hoje, 28 de maio, os livros da proposta vencedora de 2018 do Orçamento Participativo Jovem Escolar (OPJE) à Biblioteca Escolar da Escola Básica e Secundária de Santa Maria.
Os € 5.000,00 (cinco mil euros) do OPJE foram suficientes para reforçar a Biblioteca Escolar com 443 livros de leitura obrigatória para o ciclo básico e secundário. A escolha dos livros ficou a cargo da própria Biblioteca Escolar.
Ezequiel Araújo, Vice-presidente da Autarquia, além de congratular o jovem Gonçalo Moreira pela sua iniciativa em apresentar uma proposta de valor ao OPJE, evidenciou no seu discurso os benefícios de se apresentar propostas a este tipo de projetos, fazendo com que as verbas disponíveis pelo Município sejam investidas em ideias com futuro e com retorno.
A nova fase de apresentação de propostas ao OPJE inicia-se no próximo mês de setembro.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

22 de maio - DIA DO AUTOR PORTUGUÊS

O Dia do Autor Português é assinalado a 22 de maio desde 1982. Esta data foi instituída pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), numa iniciativa do maestro Nóbrega e Sousa. Este dia coincide com o aniversário da SPA, parceira corporativa da INCM, que tem por missão gerir os direitos de autor bem como representar todos autores portugueses (também os seus sucessores e cessionários) das áreas literárias e artísticas que nela estejam inscritos.
Atualmente a SPA conta com cerca de 25 mil inscritos.

Visite o site da Sociedade Portuguesa de Autores e veja o que vai acontecer.
Visite também o site da Inspeção Geral das Atividades Culturais e fique a conhecer toda a legislação sobre os direitos de autor.

terça-feira, 21 de maio de 2019

Concurso Uma Aventura Literária 2019 - Mais um prémio para a nossa escola



A equipa da Biblioteca Escolar felicita a aluna Madalena Costa do 5ºC pelo prémio e a professora Dulce Correia pelo apoio e incentivo à participação neste concurso. 

Anexamos o mail da editorial Caminho e o texto premiado. 

"A Editorial Caminho tem o prazer de informar que ao trabalho de Madalena Costa  foi atribuído um Prémio Especial do Júri, no ciclo de escolaridade a que pertencem, na modalidade de Texto Original no Concurso Uma Aventura... Literária 2019. Muitos parabéns!

Os números falam por si e demonstram o enorme interesse que este Concurso continua a suscitar junto de professores e alunos de todo o país. Este ano, a Caminho recebeu 15152 trabalhos participantes no Concurso Uma Aventura… Literária 2019.

Felicitamos o(s) aluno(s) e a escola pela qualidade do trabalho, que encantou o júri, e agradecemos a todos os professores que, com dedicação e empenho, continuam a fazer deste concurso o maior do género em Portugal.

Conforme o regulamento prevê, o prémio consiste na publicação do trabalho num dos livros da coleção Uma Aventura, cujo título e edição serão divulgados oportunamente. O autor receberá ainda como brinde um cheque-livro

Temos ainda o prazer de o(a) convidar a estar presente na cerimónia pública de entrega dos prémios, que decorrerá no dia 3 de junho (segunda-feira), às 14.30 horas, no Pavilhão Carlos Lopes, que fica perto dos pavilhões da Editorial Caminho, no Espaço Leya, da Feira do Livro de Lisboa (Parque Eduardo VII).

As escritoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada participam na festa destinada aos premiados, aos professores e aos colegas e familiares que os quiserem acompanhar. Os premiados podem trocar o cheque-livro pelas obras que escolherem nos pavilhões da Editorial Caminho e levar como recordação um livro autografado das autoras.

As listas de premiados nas várias modalidades já está se encontram disponíveis no site http://www.uma-aventura.pt/

Renovamos as nossas felicitações e, com os votos de continuação de um bom trabalho, subscrevemo-nos."



22 de Maio, dia Internacional da Biodiversidade.

Em estreita ligação com o Referencial Nacional de Educação Ambiental para a Sustentabilidade e com a matriz de Competências para a Aprendizagem Socio-Emocional (CASEL), UM Minuto de Silêncio de gratidão à TERRA é uma iniciativa nacional organizada pela Associação Fazedores da Mudança em conjunto com todos os que pelo país se queiram associar, e que decorrerá no próximo dia 22 de Maio, dia Internacional da Biodiversidade.

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Resultados do concurso Palavras com História 2019


A Rede Regional de Bibliotecas Escolares promoveu, em colaboração com o Departamento de Línguas Modernas da Universidade dos Açores e a Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, o V Concurso Regional "Palavras com História". 
O concurso, este ano com o tema "O Livro", pretende promover o gosto pela leitura e pela escrita; promover e valorizar a criatividade e a imaginação através da escrita, assim como desenvolver o gosto pelos valores da identidade, da cultura e da Língua portuguesas. 
Na edição deste ano, participaram 22 unidades orgânicas, de oito ilhas da Região Autónoma dos Açores, num total de 454 alunos
O júri considera que os textos tiveram uma melhoria de qualidade, relativamente às edições anteriores.

Da nossa escola, dos 37 alunos participantes, está de parabéns a aluna Isabel C.M.R. de Medeiros,  da escola EB1/JI Vila do Porto que recebeu uma menção honrosa. 

Consulte o nome dos vencedores aqui.

segunda-feira, 6 de maio de 2019

DIA da EUROPA - 9 DE MAIO

  A  União Europeia é um grupo de 28 países europeus.


 Após a Segunda Guerra Mundial, seis países decidiram unir-se e garantir que, sozinho, nenhum deles poderia fabricar armas para atacar os outros. Nessa altura, a organização criada por estes países designava-se 'Comunidade Económica Europeia'. Ao longo do tempo, mais países decidiram aderir à CEE, à medida que esta começou a reunir forças económicas e a criar estruturas políticas comuns.

 Para viajares para a maioria dos países da UE, não precisas de apresentar o teu passaporte.
 Além disso, 19 países da UE utilizam a mesma moeda: o euro.

 A UE tem três símbolos comuns:
  •       uma bandeira (12 estrelas douradas num fundo azul)
  •       um hino ('Ode à Alegria', de Beethoven)
  •       um lema ('Unida na diversidade')
No Dia da Europa, comemorado todos os anos a 9 de maio, celebram-se a paz e a unidade do continente europeu. 

Esta data assinala o aniversário da histórica «declaração Schuman». Num discurso proferido em Paris, em 1950, Robert Schuman, o então ministro dos Negócios Estrangeiros francês, expôs a sua visão de uma nova forma de cooperação política na Europa, que tornaria impensável a eclosão de uma guerra entre países europeus.
A ideia era criar uma instituição europeia encarregada de gerir em comum a produção do carvão e do aço. Menos de um ano mais tarde, era assinado um tratado que criava uma entidade com essas funções. Considera-se que a atual União Europeia teve início com a proposta de Robert Schuman.

LENDA DA EUROPA

 
Europa era uma linda princesa fenícia. Como ainda não chegara à idade de casar, vivia com os pais num magnífico palácio e tinha por hábito dar longos passeios com as amigas nos prados e nos bosques. Certo dia quando apanhava flores junto da foz de um rio foi avistada por Zeus (o deus supremo) que se debruçava lá do Olimpo observando os mortais. Fascinado com tanta formosura, decidiu raptá-la. Para evitar a fúria da sua ciumentíssima mulher, quis disfarçar-se. Nada mais fácil para quem tem poderes sobrenaturais! Tomou a forma de um touro. Um belo touro castanho com um círculo prateado a enfeitar a testa. Desceu então ao prado e deitou-se aos pés da Europa. Ela ficou encantada por ver ali um animal tão manso, de pelo sedoso e olhar meigo. Primeiro afagou-o, depois sentou-se-lhe no dorso e... o touro disparou de imediato a voar por cima do oceano. A pobre princesa ficou assustadíssima. Mas não tardou a perceber que o raptor só podia ser um deus disfarçado, pois entre as ondas emergiam peixes, tritões e sereias a acenar-lhes. Até Posídon apareceu agitando o seu tridente.

Muito chorosa, Europa implorou que não a abandonasse num lugar ermo. Zeus consolou-a, mostrou-se carinhoso, prometeu levá-la para um sítio lindo que ele conhecia fora da Ásia. Prometeu e cumpriu. Instalaram-se na ilha de Creta e tiveram três filhos que vieram a ser famosos. Agora o nome da princesa é que ficou famosíssimo!

Agradou a poetas da Grécia Antiga que passaram a chamar Europa aos territórios para lá da Grécia. E agradou ao historiador Hérodoto, que no séc. V a.C foi o primeiro a chamar Europa a todo o continente.
Autor: in A Europa dá as Mãos, Ana Maria Magalhães/Isabel Alçada

VISITA O BLOGUE DA BIBLIOTECA E CONSULTA O ESPAÇO DOS MAIS NOVOS SOBRE A EUROPA.

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa - 3 de maio


Mensagem do Secretário-Geral da ONU

O artigo 19º da Declaração Universal dos Direitos Humanos salvaguarda o direito “de procurar, receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras”. No Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, reiteramos a importância fundamental deste direito – e a necessidade de proteger os jornalistas e os órgãos de comunicação social que o exercem na linha da frente.


O número de ataques a jornalistas continua a ser chocantemente elevado. Segundo o Comité para Protecção de Jornalistas (CPJ), 11 jornalistas foram mortos, este ano, no desempenho das suas funções. Entre eles figura Lasantha Wickrematunge, um proeminente jornalista do Sri Lanca assassinado em Janeiro, quando se dirigia ao seu local de trabalho. Apelo ao Governo do Sri Lanca para que assegure que os responsáveis pelo assassínio sejam encontrados e processados. A UNESCO homenageou Lasantha Wickrematunge, concedendo-lhe a título póstumo o Prémio Mundial da Liberdade de Imprensa 2009, que será entregue numa cerimónia, durante as comemorações do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, em Doha. 

O CPJ também informou que, a 1 de Dezembro de 2008, se encontravam na prisão 125 jornalistas. Alguns estavam detidos há anos – alguns há mais de uma década. Três países – China, Cuba e Eritreia – representam metade desses casos. Solicito a todos os governos de países onde há jornalistas detidos que garantam que os seus direitos são respeitados, incluindo o direito de recurso e de defesa em relação às acusações que são formuladas contra eles.

O assassínio e a detenção são apenas as formas mais visíveis de silenciar os jornalistas. O medo apodera-se frequentemente dos jornalistas, que se autocensuram. Isto também é inaceitável; os jornalistas devem ter a possibilidade de exercer as suas funções sem serem alvo de intimidação e assédio.

Estou igualmente preocupado com o facto de alguns governos estarem a impedir o acesso à Internet bem como o trabalho de jornalistas assente na utilização desta e de outros que utilizam os “novos meio de comunicação social”. Naturalmente, o uso de blogues tem crescido em países onde as restrições impostas aos meios de comunicação social são mais severas. Actualmente, segundo o CPJ, cerca de 45% dos  trabalhadores dos meios de comunicação social do mundo que já foram detidos são bloguistas. Peço a todos os governos que respeitem os direitos destes cidadãos, que podem carecer de meios legais ou conhecimentos políticos que os ajudem a obter a sua liberdade. 

A celebração anual do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa é, também, uma oportunidade para reflectirmos sobre o importante papel dos órgãos de comunicação social na cobertura dos problemas mundiais. Este ano centra-se no potencial destes orgãos no domínio da promoção do diálogo, da reconciliação e da compreensão mútua. De facto, a imprensa desempenha um papel fundamental na rejeição de posições enraizadas sobre questões religiosas e políticas e outras diferenças entre as pessoas. Os órgãos de comunicação social podem também dar voz às minorias e aos grupos marginalizados, alargando e reformulando o debate no seio de uma comunidade ou entre comunidades. Nas sociedades que se esforçam por se reconstruir após um conflito,  a existência de órgãos noticiosos livres e responsáveis é essencial para a boa governação e para fomentar a confiança entre os líderes e o público. Os governos que restringem a liberdade de expressão e de imprensa estão a agir contra os seus interesses e os da sociedade a que pertencem.

No Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, presto tributo a todos aqueles que trabalham em condições difíceis para assegurar que o resto do mundo possa aceder a uma informação livre e imparcial. Renovemos a nossa determinação em proteger a sua liberdade e segurança e proclamemos novamente o nosso compromisso com os meios de comunicação social livres e independentes, como agentes essenciais de defesa dos direitos humanos, do desenvolvimento e da paz.  

terça-feira, 30 de abril de 2019

Dia do Trabalhador- 1 de maio


Significado e história do 1° de maio

Dia do Trabalhador

1 de maio é o Dia do Trabalhador, data que tem origem a primeira manifestação de 500 mil trabalhadores nas ruas de Chicago, e numa greve geral em todos os Estados Unidos, em 1886.
Três anos depois, em 1891, o Congresso Operário Internacional convocou, em França, uma manifestação anual, em homenagem às lutas sindicais de Chicago. A primeira acabou com 10 mortos, em consequência da intervenção policial.
Foram os factos históricos que transformaram o 1 de maio no Dia do Trabalhador. Até 1886, os trabalhadores jamais pensaram exigir os seus direitos, apenas trabalhavam.

No dia 23 de abril de 1919, o Senado francês ratificou as 8 horas de trabalho e proclamou o dia 1º de maio como feriado, e uns anos depois a Rússia fez o mesmo.
No Brasil é costume os governos anunciarem o aumento anual do salário mínimo no dia 1 de maio.
No calendário litúrgico celebra-se a memória de São José Operário por tratar-se do santo padroeiro dos trabalhadores.
Em Portugal, os trabalhadores assinalaram o 1.º de Maio logo em 1890, o primeiro ano da sua realização internacional. Mas as ações do Dia do Trabalhador limitavam-se inicialmente a alguns piqueniques de confraternização, com discursos pelo meio, e a algumas romagens aos cemitérios em homenagem aos operários e ativistas caídos na luta pelos seus direitos laborais.
Com as alterações qualitativas assumidas pelo sindicalismo português no fim da Monarquia, ao longo da I República transformou-se num sindicalismo reivindicativo, consolidado e ampliado. O 1.º de Maio adquiriu também características de ação de massas.


Até que, em 1919, após algumas das mais gloriosas lutas do sindicalismo e dos trabalhadores portugueses, foi conquistada e consagrada na lei a jornada de oito horas para os trabalhadores do comércio e da indústria.
Mesmo no Estado Novo, os portugueses souberam tornear os obstáculos do regime à expressão das liberdades. As greves e as manifestações realizadas em 1962, um ano após o início da guerra colonial em Angola, são provavelmente as mais relevantes e carregadas de simbolismo.
Nesse período, apesar das proibições e da repressão, houve manifestações dos pescadores, dos corticeiros, dos telefonistas, dos bancários, dos trabalhadores da Carris e da CUF. No dia 1 de Maio, em Lisboa, manifestaram-se 100 000 pessoas, no Porto 20 000 e em Setúbal, 5000.
Ficarão como marco indelével na história do operariado português, as revoltas dos assalariados agrícolas dos campos do Alentejo, com o grande impulso no 1.º de Maio de 62.
Mais de 200 mil operários agrícolas, que até então trabalhavam de sol a sol, participaram nas greves realizadas e impuseram aos agrários e ao governo de Salazar a jornada de oito horas de trabalho diário.
Claro que o 1.º de Maio mais extraordinário realizado até hoje, em Portugal, com direito a destaque certo na história, foi o que se realizou oito dias depois do 25 de Abril de 1974.

Muito antes de ser considerado o Dia do Trabalhador, 1 de maio foi dia de outros factos históricos.

  • 1500: Pedro Álvares Cabral tomou posse da Ilha de Vera Cruz (atual Brasil), em nome do Rei de Portugal;
  • 1707: passou a vigorar o Tratado de União, que transformou os reinos da Inglaterra e da Escócia em Reino Unido;
  • 1786: a ópera ‘As Bodas de Fígaro’, de Mozart, estreou em Viena, Áustria;
  • 1834: foi abolida a escravatura nas colónias inglesas;
  • 1960: iniciou-se uma crise diplomática entre antiga União Soviética e os EUA, com o abate do U2, um avião espião norte-americano, pilotado por Francis Gary Powers;
  • 1994: o automobilismo sofre uma grande perda com a morte do brasileiro Ayrton Senna, no Grande Prémio de San Marino;.
  • 2004: a União Europeia cresceu, com a entrada de mais 10 países: República Checa, Hungria, Chipre, Eslováquia, Polónia, Eslovénia, Estónia, Letónia, Lituânia e Malta.
  • 2011: beatificação do Papa João Paulo II, exatamente no mesmo dia em que Barack Obama disse “We got him”, referindo-se à captura e morte do terrorista Osama Bin Laden, numa operação norte-americana realizada no Paquistão.
  • O 1 de maio é também o dia de nascimento do escritor francês Jean de Joinville (1225), do poeta russo Aleksey Khomyakov (1804), e do quarto Presidente da República Portuguesa, Sidónio Pais (1872).
De  Maria Joao Carvalho  • Últimas notícias: 30/04/2019 - 12:00

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Dia Mundial da Dança

O Dia Mundial da Dança celebra-se todos os anos a 29 de abril.
A data foi criada em 1982 pelo Comité Internacional da Dança (CID) da UNESCO que escolheu esta data por ser  o dia de nascimento de Jean-Georges Noverre, que nasceu em 1727 e que foi um dos grandes nomes mundiais da dança.
A celebração do Dia Mundial da Dança tem como objetivo celebrar esta arte e mostrar a sua universalidade, independentemente das barreiras políticas, culturais e éticas.
Neste dia são diversas as atividades desenvolvidas por associações, escolas e outras entidades ligadas à dança, para promover esta arte que é vista como linguagem universal, promotora de ideais como a liberdade de expressão e a igualdade de direitos.

Em Santa Maria a data vai ser celebrada na rua, pelas 17.30 a escola de Dança do Espaço em Cena vai mostrar o seu trabalho. Aparece. 

quarta-feira, 24 de abril de 2019

terça-feira, 23 de abril de 2019

Celebre o DIA MUNDIAL DO LIVRO E DOS DIREITOS DE AUTOR


1- Ofereça um livro;
2- Partilhe um livro com um amigo;
3- Aproveite a oportunidade para descobrir algo novo nos livros;
4- Leia em casa com a sua família e/ou com os amigos;
5-Visite uma livraria ou vá a uma Feira do Livro;
6 – Visite a nossa biblioteca escolar e faça uma viagem ao mundo dos livros.

terça-feira, 26 de março de 2019

Concurso- Slogans sobre o AMOR

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) está a promover até 31 de maio um concurso de slogans sobre o AMOR, tendo como pano de fundo dados recentes sobre violência no namoro.
Consulta o regulamento e concorre. 

sexta-feira, 22 de março de 2019

Proposta de articulação curricular... o que a BE pode fazer por todos nós!

Começar o ano na Biblioteca Escolar a aprender uma nova língua e uma nova cultura!

Eis uma proposta muito simples que articula ferramentas e competências específicas.

Podem descarregar da drive da nossa BE:


Unidade ZERO: Francês iniciação.

SER Diretor de Turma: contar com a Biblioteca Escolar.






Este padlet permite conhecer todo o trabalho desenvolvido pelos professores da equipa da Biblioteca Escolar que estiveram em formação, desde o passado dia 7 de janeiro, e que termina na próxima terça-feira, dia 26 de março. São ferramentas que poderão ajudar a perceber as potencialidades do trabalho colaborativo entre professores e BE.


quinta-feira, 21 de março de 2019

No dia 21 de março celebramos o dia MUNDIAL DA POESIA na Biblioteca Escolar

Celebrar a poesia é cantar os poetas. Hoje damos voz ao poeta e coordenador da nossa biblioteca.


A felicidade é erguer um jardim de rosas onde antes havia
 apenas um nome baço, um ventre apagado, um vestido sem
bainhas nem bolsos, um começo sem o ente magnífico que 
nos adivinha o amor.

in A tua luz costurou-me uma bainha no coração  de Daniel Gonçalves 

segunda-feira, 18 de março de 2019

Concurso PALAVRAS COM HISTÓRIA - 2019

Alunos seleccionados na 1ª fase do concurso


1º escalão 

Isabel Medeiros
Ivo Sousa
Leonor Teodoro Nunes
Rodrigo Leite
Amélia Gago a Câmara
Henrique Limões Monteiro
Iara Sousa Tavares
Íris Sousa Tavares
Juliana Silva Freitas
Matilde Morais Moura

2º escalão 
Afonso Rodrigues 
Catarina Castanho 
Martim Quadrado 
Sofia Cabral 
Afonso Roque 
Ana Filipa Cabral 
Elvira Valente Sousa 
Madalena Andrade Costa
 Maia Boyer 
Luís Maria Sousa Braga

3º escalão

Leonor Duarte
Raquel Ferreira
Lena André 
Tatiana Cabral 
Laura Câmara 
Luana Pacheco 
Marisa Freitas 
Sabrina Sousa
Joana Freitas 
Nuno Rodrigues 

4º escalão

David Curado 
Tiana Mota
Vitória Sousa
Maria Moura
Mariana Sanona
Sofia Bastos
Joaquim Carvalho

A equipa da biblioteca escolar felicita todos os participantes no concurso e informa que 
os resultados finais deste concurso serão divulgados no dia 17 de maio de 2019.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Santa Maria recebe IV Encontro Daniel de Sá a 1 e 2 de março

IV Encontro Daniel de Sá engloba três atividades distintas e complementares:
- A IV edição dos Encontros Daniel de Sá na sua vertente de conferências a partir das 08:30 do dia 1 de março (sexta-feira), sendo o destaque dado á temática “A realidade das pequenas ilhas açorianas e os seus desafios”.
- A exibição do filme Little America do realizador Marc Weymuller pelas 21:30 do dia 1 de março (sexta-feira).
- A realização do Encontro literário “Cada escritor/a é uma ilha, cada ilha uma literatura” pelas 10:00 do dia 2 de março (sábado).
Todas as iniciativas são realizadas na Biblioteca Municipal de Vila do Porto, de entrada livre e abertas à comunidade.
Consulte o programa Câmara Municipal de Vila do Porto.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Vejam só quantas novidades!

Acabados de chegar da Direcção Regional da Cultura... tantas leituras! Do Bram Stoker ao Joel Neto!


terça-feira, 15 de janeiro de 2019

As nossas fotocópias são coloridas.

É assim que contornamos as restrições orçamentais, tornando-as ornamentais... Desta feita o cartaz do novo concurso PALAVRAS COM HISTÓRIA, este ano sob o tema O LIVRO.

Venham saber mais sobre este concurso na vossa BE.


Ano novo, livros novos.

Este ano enriquecemos o nosso catálogo com a aquisição de novos títulos, todos eles super interessantes e pensados nos gostos e necessidades dos nossos maravilhosos leitores. Vem descobrir as novidades na tua, na nossa, Biblioteca Escolar.


sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

O Natal também chegou à Biblioteca Escolar

Integrada na Rede Regional de Bibliotecas Escolares no final do ano letivo transacto, a nossa biblioteca recebeu agora uma verba de 600 euros para a aquisição de equipamento e livros. Foi com agrado que fomos às compras e trouxemos : 

um televisor
5 headphones



Da lista de livros contam-se  os seguintes títulos:

1º ciclo 

A água e a águia – Mia Couto
As Palavras Que Fugiram do Dicionário – Sandro W. Junqueira
O Tubarão na Banheira – David Machado
Mar me Quer – Mia Couto
Versos de Cacaracá – António Manuel Couto Viana
O Beijo da Palavrinha – Mia Couto
A história do Pedrito Coelho – Beatrix Potter

 2º e 3º ciclo
Explorer Academy: O Segredo de Nebula – Trudi Trueit
O Pequeno Livro Malvado – Magnus Myst
As Aventuras de Ali-A: Vamos Jogar – Alastair Aiken
Puto Normal e os Supervilões – Greg James
O Diário de um Banana 13: Vai Tudo Abaixo – Jeff Kinney
Pai Sarilho – David Walliams
As Fadas Verdes – Matilde Rosa Araújo
Bichos – Miguel Torga
Histórias Em Verso Para Meninos Perversos – Roald Dahl
Vamos Contar Um Segredo…- António Torrado
Bichos - Miguel Torga

 Secundário
O Príncipe – Maquiavel
O Deus das Moscas - William Golding
Introdução à Filosofia em Banda Desenhada
As Coisas da Alma e Outras Histórias Em Conto - João de Melo
Siddhartha - Herman Hesse